Jardin des Délices

O Jardim Ibérico localizado no Parc de la Deûle em Lille, França, integrou o concurso internacional realizado por ocasião de Lille 2004 Capital da Cultura. Este concurso constitui uma homenagem às comunidades emigrantes desta região e integra um conjunto de 7 jardins/7 culturas, em que o tema ibérico abarca as regiões do Minho e da Galiza.

A unidade de paisagem que melhor representa “a arte de jardinar em Portugal e consequentemente onde melhor se expressa o conceito de jardim na cultura lusíada” é sem dúvida a quinta de recreio¹. Esta tipologia é também representada na região da Galiza pelo “Pazo”. Em ambos é expressa a identidade de uma cultura agrária profunda, sendo a estrutura do espaço e a distribuição dos elementos idêntica e a sua origem e evolução paralelas.

A proposta evoca os vários elementos e espacialidades da “Quinta-Pazo”: a casa, o horto, o pomar e o jardim, a mata e a clareira. O jardim constitui um lugar fechado, labirinto lúdico e ameno onde se goza a intimidade. A zona central é ocupada pelo pomar de romãzeiras. Junto ao pomar o tanque cria uma superfície de água alimentada pela fonte. A partir deste elemento a água é distribuída por caleiras para regar a horta e a zona de flores que variam consoante as estações.

¹ CARAPINHA, Prof. Aurora, Da Essência do Jardim Português, vol. I, Universidade de Évora, 1995, p 23

Local Parc de la Deûle, Marplin-Ancoise, Lille

Cliente Espace Naturel Métropolitain, 2 Place du Concert, 59000 Lille

Concurso international Projecto Vencedor

Juri Pierre Mauroy, Martine Aubry, Slimane Tir, Nathan  Starckman, Jacques Simon, Michel Baridon

Autores Alessandra Cianchetta + Rita Almada Negreiros +  Rosário Salema

Área 1500m2

Construção Soreve

Orçamento € 88.000

Data 2004