11 Casas em Tavira

O sítio é um espaço privilegiado e marcante no perfil da cidade, tanto pela sua topografia como pela proximidade ao conjunto de relevante valor patrimonial constituído pelo Terreiro, Igreja e Miradouro do Alto de Santana.

O terreno com 2055 m2 tem uma forma trapezoidal que lhe é conferida pelas vias circundantes.

A intervenção insere-se actualmente numa estrutura urbana em consolidação e expansão. A solução procurou marcar o valor desta zona, com a introdução de uma tipologia urbana de raiz mediterrânica, que se traduziu na adopção dos seguintes princípios:

A coesão formal pretendida abrange três níveis de integração: com a arquitectura tradicional da cidade e da região, entre as duas bandas articuladas do novo núcleo habitacional, e com o conjunto inicial de construções, edificadas até ao séc.XIX, a poente.

Esta relação estabelece-se pela cor branca, pela volumetria e geometria dos alçados, que pretendem transmitir uma sequência modular, um ritmo de vãos, de cheios e vazios, e pela selecção dos materiais utilizados, de entre os quais se destacam a pedra calcária da região, a telha e ladrilho de Sta. Catarina, o soalho do pavimento e as guardas em ferro.

Tipologia:

Todas as casas têm terraços na cobertura, valorizando-se assim a tradição da açoteia algarvia, solução arquitectónica natural para uma melhor vivência das habitações, que se articula com as directrizes do IPPAR e Autarquia, no sentido da utilização de telhados de 4 águas.

Os fogos têm sempre 3 níveis, interligados por acessos verticais – escadas interiores e exteriores.

Nível 1 - Piso térreo, área privada: quartos com acesso ao pátio e instalações sanitárias

Nível 2 - Piso 1, área social: sala e cozinha

Nível 3 - Açoteia e telhado de 4 águas

De acordo com a localização, vistas e orientação solar das casas, desenvolveram-se diferentes soluções de organização dos fogos, partindo do estudo de uma métrica modular.

(Em algumas das casas os níveis 1 e 2 inverteram a sua cota: área publica no 1º piso e quartos no 2º piso)

 

Local Tavira, Portugal

Projecto de Arquitectura das 11 casas 1999-2002

Bárbara Delgado com:

Catarina Almada Negreiros, Rogério Gonçalves, Sofia Júdice Gordo

Promotor / Projectos de Especialidades

Construções Beira Serra, Lda.

Inicio da Obra Janeiro 2000

Conclusão da Obra Junho 2004

Projecto de Urbanização 1996-1998

Arquitectura Bárbara Delgado

Projectos de Arruamentos, Águas e Esgotos

DBO, Equipamentos e Instalações Engenharia e Fiscalização, Lda

Eng. Rui Filipe Vieira da Silva Santos

Projecto de Infraestruturas Eléctricas e Telefónicas

Eng. Poole da Costa

Projecto de Abastecimento de Gás

Eng. Poole da Costa

Projecto de Arquitectura Paisagista

Arq. Rosário Salema

Fotografia FG+SG - Fotografia de Arquitectura